sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

Portugal não falha (caso verídico)...

Num concerto do U2 em Lisboa, Portugal, Bono pediu silêncio ao público e começou a bater palmas compassadamente.


Olhando para as pessoas, que estavam em silêncio, ele disse no microfone:

- Eu quero que vocês pensem em algo muito sério. A cada batida de minhas mãos, uma criança morre na África.

Nesse momento um alentejano da arquibancadas grita:



- Então pára de bater, ó filho da puta!...