segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

O Corpo Humano

O cu resolveu dar uma volta pelo interior do corpo, chegou ao pâncreas e disse:

- Olá pâncreas, eu sou o cu. Prazer em conhecê-lo, o senhor é muito simpático.
Subiu mais um pouco e chegou ao fígado:
- Olá fígado que satisfação em conhecê-lo, eu sou o cu.
Passa lá em casa um dia destes.
E assim foi com todos os órgãos até chegar ao coração. O cu apanha o coração a jeito, começa-lhe a apertar as artérias, dá-lhe uma valente surra até o desgraçado do coração conseguir perguntar -lhe assustado:
- Oh cu, foste tão gentil com todos os outros e comigo tratas-me desta maneira?
O cu respondeu:
- Pois é, filho da p***. Apaixonaste-te pela pessoa errada e eu é que me lixo!