sábado, 10 de abril de 2010

Taça da Liga 2009/2010



Foi numa certa noite
A final de uma certa Taça,
Certo clube levou um açoite
E foi uma noite de desgraça.

Eles foram confrontados
Por uma águia dominadora,
Saíram bem derrotados
Pela equipa opositora.

Levaram três na pá
Sem dar um ar de sua graça,
Tiveram hora e meia má
E sem mostrar grande raça.

O Bruno Alves central
Mostrou ter mau perder,
Já tinha a tola a bater mal
E sem saber o que fazer.

Ele era só esbracejar,
Grunhia e pontapeava,
Não se soube acalmar
Nem sabia a quantas andava.

Aquela equipa encarnada
Mostrou grande concentração,
Levou a taça numa levada
E os adeptos à exaltação.

Parabéns aos benfiquistas
Que hoje mereceram ganhar,
Mostraram ser bons artistas
Nesta noite de louvar.

Apesar de eu ser lagarto
Dou a mão à palmatória,
Com os lampiões hoje comparto
A alegria desta história.

Para alguns é festejar
E beber uns canecos,
Para outros é lamentar
Pois ficaram a ver bonecos.

O futebol tem coisas destas
E é bom que assim seja,
Ver vitórias bem honestas
Enquanto se bebe uma cerveja.

Posso dizer que foi um bom jogo
E que ganhou o melhor,
O Benfica mostrou ser fogo
E saber a lição de cor.

O Jesus ganhou um título
Pela sua primeira vez,
Foi apenas um capítulo
E um prémio pelo que já fez.