terça-feira, 29 de junho de 2010

Assembleia da República

 Um homem passa pela porta do plenário da Assembleia da República e ouve uma gritaria que saía de dentro

"Filho da Puta, Ladrão, Salafrário, Assassino, Traficante, Mentiroso, Pedófilo, Vagabundo, Sem Vergonha, Trafulha, Preguiçoso de Merda, Vendido, Usurário, Foragido à Justiça, Oportunista, Engana Incautos, Assaltante do Povo, Gay, Sócrates Paneleiro, Corrupto da Freeport, Corno, Porco, Ordinário, Vai saquear o Caralho." 
Assustado, o homem pergunta ao segurança parado na porta: 
"O que esta acontecendo ai dentro? Estão brigando?!


"Não", responde o segurança. "Para mim estão fazendo a chamada para saber se falta alguém".